quarta-feira, 25 de agosto de 2010

CURSO DE FORMAÇÃO

Como forma de sempre estar me atualizando, participo de um Grupo de Formação sobre Musicalização - Banda Rítmica, vejam o vídeo de uma de nossas aulas.


video

segunda-feira, 17 de maio de 2010

HORA DO CONTO

Ler e contar histórias são duas coisas muito diferentes, porém ambas muito importante. Um texto escrito segue as normas da língua escrita, que são completamente diferentes daquelas da linguagem falada, daí a importância de dar emoção ao se contar um história através de entonação diferente na voz, utilizando-se de recursos que instigam o imaginário, deixando-se vencer pela magia para embarcar em uma viagem que revela novos lugares e personagens ultrapassando a realidade.



Fantoche João e Maria



Avental de história: Os três porquinhos
Fantoches feito com dobradura
Confeccionei estes materiais para a hora do conto com o objetivo de: estimular a fala e audição; trabalhar a leitura de forma lúdica e interativa e principalmente desenvolver a livre expressão.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

SÍTIO DO PICAPAU AMARELO

O tema gerador para este ano será o "Sítio do Picapau Amarelo", para a apresentação dos personagens e trabalhar a identidade com a turminha, confeccionei esta caixa que, servirá também para a escolha do nome da turma.


Somente confeccionei os personagens principais, esta sugestão faz parte da revista Guia Prático para Professores de Educação Infantil nº 75 - Abril 2009.

Lembrando que esta foi a primeira de muitas idéias que tive para diversificar o trabalho com o tema gerador assim como a hora do conto, estarei confeccionando mais materiais e assim que estiverem prontos postarei.



PERÍODO DE ADAPTAÇÃO

O início do ano é um momento onde tudo é novo e difícil para as crianças, famílias e educadores, mas com paciência e carinho as relações vão se construindo.

Este é momento de atenção especial para aquelas que chegam com medo do novo e inseguras, através de pequenas atitudes: um colo, um abraço, um beijo, etc..., vão sentir-se seguras e queridas.


Os principais objetivos trablhados neste período foram:

  • socialização;

  • integração;

  • conhecimento e exploração do espaço físico e;

  • elaboração de regras de convivência.

A primeira semana da minha turma foi bem tranquila, as atividades desenvolvidas foram de forma bem lúdica e prazerosa com muita música, brincadeiras e conversas.

Até tivemos uma visita surpresa que deixou as crianças aguçadas em suas curiosidades, vejam que lindo!!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

E o bicho-papão comeu todos os nossos medos!

Hoje resolvemos mandar nossos medos embora.
Em nosso horário de parque, pegamos os desenhos que fizemos e colocamos na boca do bicho-papão e agora não temos mais medo.


Vejam como ele ficou com a boca cheio de medos!

domingo, 11 de outubro de 2009

Teatro de sombras

Dando continuidade ao trabalho realizado acerca dos medos da turma, confeccionei um teatro de sombras com uma caixa de sapato optei desta forma, pois ficou mais fácil da turminha manusear em nosso ateliê de leitura.
Ele serve também de estímulo para as nossas produções de histórias e textos.

sábado, 10 de outubro de 2009

Medo? Sai pra lá!

Para levar as crianças a perceber seus sentimentos e a lidar com as emoções, foi trabalhado a lenda do Bicho-papão, num primeiro momento fiz um levantamento com as crianças de quais eram os medos que as mesmas tinham e organizei um cartaz.



Após isto cada criança identificou o seu medo no cartaz

Além da lenda, as crianças ouviram esta história:

Medo
Roselaine Cavalheiro de Moraes
Um dia eu tive medo.
Não sei bem do que.
Parecia uma coisa grande
Do tamanho do Bicho-papão.
Corri pela casa, pedindo ajuda.
Perguntaram o que era e, eu não sabi não.
Só sabia que estava com medo e, que precisava de proteção.
Pai, mãe, tio, tia, primos, primas e vizinhos.
Todos queriam ajudar e segurar a minha mão.
Mas eu só tinha medo, não sabia bem do que.
Voltei para o quarto procurar a tal coisa estranha.
Achei apenas uma toalha enrolada na cama.
Senti vergonha de todo esse drama.

Em nosso ateliê do desenho, sugeri que cada um desenhasse o seu medo, vejam que desenhos lindos!

Daniel: medo de jacaré


Barbara : medo do bicho-papão

Com o objetivo de desenvolver a linguagem oral, em nossa roda da conversa é rotina criarmos e recontarmos histórias, no coletivo nossa turminha criou esta história a qual, fará parte do livro de final de ano.

Bicho-papão

Autoria: Turma do Cascão

Uma vez, o bicho-papão veio aqui na Emei ver os nossos desenhos dos medos que temos.

Ele gostou muito e disse que era bonzinho e não era para ficarmos com medo dele.

Então combinamos de cantar esta música para ele levar embora os nossos medos.

"Bicho-papão eu não vou ter mais medo.

Pegue os nosso medos e leve embora"